domingo, 24 de agosto de 2008

Vôlei masculino


Pois é, prata. Assim, com um ponto final, sem exclamação. Em outra ocasiao eu teria comemorado a prata, mas, depois de ouvir falar tanto desta seleção, e de ter ficado "mal-acostumado" (bem-acostumado) com a Maurren Maggi, eu esperava mais. Embora eu não possa reclamar, o resultado foi justo...
Desta vez, havia muito mais brasileiros, entao pude sentir um pouco mais do gostinho da nossa torcida. Mas o curioso foi que, do meu lado, estavam sentadas duas gurias com feições orientais mas vestidas com roupa verde-amarela e enroladas na bandeira brasileira. (Aqui se ve chineses torcendo pelo Brasil, mas me chamou a atencao foi que a bandeira e as camisetas eram realmente brasileiras, e nao simplesmente com as nossas cores.) Eu resolvi puxar assunto e perguntei (em chinês): nimen shi Zhongguoren ma? E a guria me respondeu na última e bela flor do Lácio, sem sotaque: fala português?
Só depois eh que me dei conta do inusitado: eu, o ocidental, falando chinês, e ela, a "oriental", falando português! Bem, descobri que era brasileira filha de chineses e que estava morando em Pequim há dois anos. A amiga era chinesa, mas tinha morado durante algum tempo no Brasil. Conversamos um pouco antes de começar o jogo do Brasil, e depois as nossas atenções se voltaram para a partida e para os gritos de incentivo.
E agora acabou... É melancólica essa despedida. Voltando para a pousada, vi os voluntários desmontando uma das tantas bancas de informações que estavam espalhadas pela cidade. Daqui a pouco comeca a cerimônia de encerramento, se é que já nao começou.
Mas para mim a viagem continua. Vou para o aeroporto - meu primeiro voo doméstico em "solo" (?) asiático. Proxima parada, Xi'an.
Beijing, zaijian! (Adeus, Pequim!)

3 comentários:

jéssica disse...

Bah, eu bem sei como é esta melancolia... Mas tua viagem ainda te reserva muuuuitas maravilhas! E agora tu tem o privilegio (mais q merecido) de dizer q tu já foi há uma olimpiada!
Bjsssss, muitas saudades e aproveita!

rejane disse...

Primeira despedida nesta grande aventura que estás vivendo... Deve mesmo dar uma grande melancolia, pois foi um lugar onde viveu tão grandes emoções... Mas outro tipo de emoções te esperam, onde com certeza mais histórias vão ficar pra contar pelo resto da vida!! Aqui do outro lado do mundo continuo trocando o dia pela noite pra te acompanhar!!! Segue aproveitando cada minuto, aqui as saudades que mês que vem serão "matadas" com muitos beijos e conversas!!!
Te amo gurizinho!!!

Renata Teixeira disse...

Realmente, no vôlei masculino sempre esperamos por ouro.