quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Compras

Eh claro que uma parte importante desta viagem seriam (e estao sendo) as compras. Nao que eu seja um consumidor compulsivo, mas acho natural que, com tanta coisa diferente, eu me sinta tentado a trazer lembrancas para casa...
E ha mesmo muita coisa diferente! Por exemplo, feijoes saltadores - nao, brincadeira, aqui nao tem disso; feijoes saltadores eu soh encontro em paises tao estranhos que nem nome tem; a China eh diferente, mas nao chega a tanto.
Mas encontrei instrumentos musicais, livros, leques, kuaizi (talheres chineses), CDs, pinturas, carimbos...
Uma parte importante do processo de compra eh pechinchar. Exceto em alguns restaurantes e redes de lojas maiores, espera-se que o comprador pechinche sempre. Eu tenho a impressao que eles gostam tanto de pechinchar que os vendedores chegam a ficar desapontados se o comprador aceita o preco inicial sem reclamar! Isso as vezes complica as coisas, porque em alguns lugares, quando pergunto o preco de alguma coisa, a resposta eh: faca voce o preco, quanto voce pagaria? E as vezes eu nao tenho nocao do preco das coisas, ou nao tenho realmente intencao de comprar...
O que eh outro problema: qualquer olhar mais demorado e pronto - eles deduzem que estou interessado e ficam querendo me empurrar o produto; se faco mencao de ir embora, eles entendem como parte do jogo da pechincha e comecam a gritar e baixar o preco. Quase como uma feira nordestina levada ao extremo...
Ah, e as livrarias! Eh claro que, adorando livros, eu nao deixaria de ir a uma livraria - e de comprar livros. Mesmo que eu seja praticamente analfabeto em chines! Mas eh tudo tao barato, e ha livros tao tentatores! Comprei coisas como um livro de gravuras e classicos da literatura chinesa sobre os quais eu havia lido. Sao interessantes e bonitos, e considerando que custaram uns 5 reais cada, a unica dificuldade eh o peso que eles fazem na bagagem... Fora isso, no minimo enfeitarao minha estante ateh a minha segunda, terceira, quarta viagem a China, quando entao meu conhecimento de chines terah evoluido a ponto de eu conseguir le-los...

4 comentários:

rejane disse...

Que maravilha!! Tenta fazer isso por aqui... dar o preço que tu quer pagar? Vão dar em ti!!! rsrsrs
Desse jeito acho que dá mesmo pra voltar com muito excesso de bagagem!!! Não vejo a hora de ver tudo isso!!! Pena que não tem feijões saltadores... rsrsrs
Beijos!!!!!!!!!!!!!!!!

Carolina disse...

Muito legal teu blog e pelo q li a viagem tb está muito interessante. Deve ser bastante curioso conhecer uma cultura tão diferente da nossa, apesar de já "contaminada" por alguns "maus hábitos internacionais", como os fast foods(os quais pelo visto são muito mais curiosos do que apetitosos).

bjs

Eduardo Trindade disse...

Eu prefiro queme digam o preco das coisas... Colocar eu mesmo o preco soh eh um bom negocio quando sei muito bem quanto vale cada coisa.
E os fast-foods sao um mal-necessario: eu nao aguentaria passar um mes comendo soh comida oriental!

Renata Teixeira disse...

Senti uma certa implicância com o referido país sem nome... Ainda bem que cada vez você compra menos quincas em viagens! Agora se concentra no que é importante: coisas que vão para o estômago!